Startup – BrainyTalk

 

Esta semana, nossa entrevista foi com o pessoal da BrainyTalk, uma startup caxiense que desenvolveu uma ferramenta de atendimento online. Conversamos com os sócios Robson Paproski e Gabriel Stringari e você confere nossa conversa agora!

INFOGRÁFICO RESUMIDO

Info-brainytalk
 

 

Como começou? Qual o estalo?

Robson: Iniciou como um projeto de TCC onde nós pregamos técnicas de inteligência artificial em um chat, para auxiliar o suporte a responder o problema que o cliente estava relatando. O estalo inicial foi que como eu já tinha contado com suporte sabia que demorava muito tempo pra resolver os mesmos problemas. Foi ai onde nós tivemos um insight: um sistema sugerir ao atendente como resolver o problema que o outro já tinha resolvido. Foi dai que surgiu a ideia de virar um produto.

O que é?

Robson: A ideia da BrainyTalk em si é ter um auto atendimento qualificado, não que isso substitua completamente, mas que desafogue a central telefônica.
UBISTART: Deixa eu pensar no processo, eu entro no site, e num cantinho tem uma janelinha que eu vou poder abrir ela e falar direto com uma pessoa do outro lado da empresa.
Gabriel: Isso, pode ser! Ou pode ser que tenha o autoatendimento. O cliente tem as duas opções, ele pode estar online no sistema e já atender direto ou escolher que o cliente passe por um autoatendimento antes.

Qual a dor do mercado que vocês enxergaram?

Robson: No início focamos mais no suporte. Isso porque enxergávamos a alta rotatividade no setor, que é o primeiro contato antes de outras áreas. E já tendo algum software para auxiliar é até uma base pra gestão de conhecimento, tu tem o mesmo conhecimento para toda a rede de suporte.
UBISTART: Contribuindo um pouco, eu acho que é uma ferramenta ágil e rápida para que a pessoa tenha contato com a empresa. É estreitar um pouco mais o relacionamento.

Qual o diferencial da BrainyTalk?

Robson: Hoje a maioria das empresas tem uma solução em chat. Que não tem uma base de conhecimento integrada. Nossa solução é juntar essas duas pontas. O chat em tempo real, com a base de conhecimento, onde tu pode simplesmente ativar o autoatendimento, ou deixar a base de conhecimento para auxiliar o teu técnico a dar uma resposta mais qualificada pro teu cliente.

Quais as especializações do time?

Robson: Eu trabalho a 7 ou 8 anos na área de desenvolvimento de software. Sempre trabalhei com linguagens back-end e programação de servidores. Por um tempo também eu fiz infraestrutura de servidores para hospedagem web. Sou formado em Técnico de Informática e estou me formando em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.
Gabriel: Eu trabalho a 3 anos na área. Trabalhei seis meses com desenvolvimento desktop, o resto do tempo com desenvolvimento web, e foi aonde eu realmente vi que era isso que eu queria. Sou formado em Técnico em Desenvolvimento, comecei a cursar Ciências da Computação e estou cursando Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela UCS.

Vocês já receberam algum investimento? Se sim, que tipo?

Robson: A gente recebeu um investimento anjo, o que nos possibilitou ficar full time (tempo integral). Este investidor que deu o investimento tem uma empresa por trás e eles nos ajudam tanto na parte da validação de negócio, quanto na parte de ideação do produto.

Vocês já possuem clientes hoje? Estão operacionalizando ou validando? Quais as previsões?

Robson: Estamos acabando a fase de validação e tentando operacionalizar.
UBISTART: Mas vocês já estão com o produto no ar né?! Por exemplo, a startup Progenes já está utilizando como um canal direto de comunicação com os potenciais clientes dela. Então vocês estão nessa fase de early adopters (primeiros usuários), onde os primeiros clientes estão juntamente com vocês validando o produto para ver o que precisa ser melhorado e ajustado.
Robson: O desafio é fazer a primeira venda e continuar.
UBISTART: Então as próximas previsões de vocês seriam começar a converter esses early adopters e também potenciais novos usuários em reais clientes? Que paguem pela solução?
Gabriel: Exato!

Vocês já tem um valor fechado?

Robson: Para a parte do chat sim. Para a base de conhecimento ainda estamos vendo como vamos cobrar.
Quem tem interesse na ferramenta da BrainyTalk pode acessar o site e fazer a contratação do serviço?
Robson: Acessa o site, faz a contratação e pode usar gratuitamente por 14 dias, para fazer o teste da ferramenta. Pode testar toda a ferramenta, a parte do autoatendimento e integração com Facebook também. E qualquer coisa pode contar com a gente no suporte.
Gabriel: A gente acabou não falando muito sobre a integração com o Facebook, mas a ferramenta tem também uma parte que tu consegue integrar. Então, às vezes uma empresa tem várias páginas no Facebook e acaba ficando difícil interagir com todos os clientes. Na nossa ferramenta, a gente consegue vincula todas essas páginas do cliente e ele consegue responder o chat por ali, sem precisar acessar o Facebook.

Gostariam de deixar algo para finalizar?

Gabriel: Para quem está iniciando sua startup é insistir, persistir e não desistir. Se tiver vontade tem que seguir, que de alguma forma vai dar certo o negócio.

 

Se quiser conhecer mais sobre a BrainyTalk acesse o site: brainytalk.com/

Artigos relacionados

Tags: , , , ,